Sim. Embora ainda se associe o urologista como o médico responsável pela parte genital e urinária masculina, o diagnóstico e tratamento das doenças do trato urinário feminino também estão entre as responsabilidades do urologista. Ou seja, qualquer problema, em qualquer pessoa, relacionado aos rins, à bexiga e à uretra devem ser acompanhados por um urologista.

Mesmo sendo um assunto mais propagado nos últimos tempos, a urologia feminina não é uma nova especialidade ou uma subespecialidade da área. Todo médico urologista está preparado para atender tanto o homem, quanto a mulher.

Doenças com grande incidência entre as mulheres como a incontinência urinária (após os 60 anos 20% das mulheres sofrem com a doença) e a infecção urinária (causadas por bactérias, fungos ou vírus) devem ser tratadas pelo urologista. Outras doenças frequentes como bexiga hiperativa, cistite intersticial e pedra nos rins também ficam a cargo deste especialista.

Então, se estiver sofrendo com doenças do trato urinário, procure um urologista da sua confiança.